quarta-feira, 1 de abril de 2020

Jazz




Notas ressoam em pálida
Vibração audível entrando
Nos sentidos em leve, roçar 
De murmúrios.
Acordes fogem da harmonia.
Sons crescem em descompassos
Ecoando suspiros, em fôlegos esparsos.
O ritmo suave serpenteia
Em arpejos, que tocam a alma
Na embriaguez dos sentidos.
Corpo canta,sibila acordes afinados
 Da música noite à dentro.
Olhos cerram ao solista tocar
O ritmo lentamente.
No descanso, um jazz
 Sonolento...

Marcia Portella_Go

(2009)

Imagem_Pinteret


quarta-feira, 11 de março de 2020

Entre águas



Olhou para o amor, fingindo 
que lhe era indiferente, fugindo
em um momento sem fim.
Rasgou sonhos rindo ao 
fingir ser feliz.
Tentou viver como se nunca 
tivesse  pensado em  perder-se
entre duas águas, que agitam
no mesmo mar alastrando,invadindo,
sacudindo a alma,tornando-a
frágil e sensível indo ao encontro
de quem quer perder.


Marcia Portella_
02/03/2019
Pintereste
--

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Fscinação


Poeira branca que plana leve
alva pena de prata ao luar.
Acaricia o amor na despedida
em melodia muda,surda,
embalada por acordes menores
que a brisa sopra.
Provocante, sussurra segredos
perpetuamente encantados.
Pluma branca,fascinação que
o céu derrama no inverno
do tempo,escondendo sua
 essência que pulsa docemente
na cortina do universo.

                                             Marcia Portella

Imagem_Pinterest

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Fotografar




Fotografar é guardar a alma,
enganar o tempo explodindo
em cor e magia viajando em
preto e branco, sombreados
com a arte de luz.
É velar momentos abrindo
portas secretas do nosso
universo íntimo, revivendo
lembranças que amarelam
lentamente em
...negativo final.

Marcia Portella
Imagem Web

domingo, 13 de outubro de 2019

Anjos de verão



A tarde caía quebrando em
 cores esparramadas.
Cantei a ausência 
em poemas
com a alma encolhida
 no momento em que 
 seguíamos à deriva..
Flutuamos lado a lado,
sem asas como anjos 
de verão de mil maneiras
 diferentes, em um mundo
sem memórias, ouvindo um 
sino que soava distante,vago 
...em lembrança final.

Marcia Portella

Imagem_Pinterest


sábado, 20 de julho de 2019

Fuga




Fujo dias,anos, noites afora
como fugindo dos pensamentos e 
 ao mesmo tempo querendo voltar,
 com o olhar triste cansado
   de quem chora...
Escondo-me em lágrimas,
lamentos,risadas, e perdida
...atiro-me em abismos profundos
onde o terror e a morte residem
ouvindo o som dos teus passos,
da tua voz que me persegue
 na ausência das palavras 
....sentidas mais que a solidão.




                           Marcia Portella

                              (14/05/2019 )

Imagem_Pintereste


segunda-feira, 20 de maio de 2019



Soltei-me na fúria
da tempestade
na brisa aportei.
Na temperança 
dos ventos 
desci as velas
...me guardei.



                              Marcia Portella



Imagem_Ewa Hauton